Publicidade
Publicidade
Publicidade

Diretor: Paulo Melo Quarta-feira
18 de Outubro de 2017
Publicidade mercado das ervas

Candidato do PS em Ponta Delgada defende projeto de mudança a dez anos para município “parado”

O candidato do PS à Câmara Municipal de Ponta Delgada, Vítor Fraga defendeu hoje uma “mudança” através de um “projeto de desenvolvimento” a uma década para a maior autarquia dos Açores, referindo que esta se encontra “parada”.

@PS/A | Lusa/Açores 9
Visualizações 24650

"O concelho de Ponta Delgada não pode ficar parado, não pode andar a reboque. Ao longo dos últimos meses temos percorrido as 24 freguesias e há aqui uma clara vontade de mudança, uma mudança para melhor neste concelho que é o maior dos Açores mas que queremos que seja efetivamente o melhor dos Açores, uma referência a nível nacional e a nível internacional", afirmou Vítor Fraga.

O candidato pelo PS falava aos jornalistas no decorrer de uma ação de campanha pelas ruas de Ponta Delgada, onde contactou com turistas, comerciantes e residentes da cidade.

"Temos ouvido a população, as instituições, os parceiros sociais e é unanime que Ponta Delgada está parada e que é preciso mudar, é preciso dar-lhe um novo ímpeto, uma nova dinâmica, aproveitar também os novos tempos com novos impulsos em áreas económicas e que mais uma vez a Câmara Municipal deve assumir aqui um papel relevante no sentido de potenciar e de aproveitar as novas oportunidades", sublinhou.

Vítor Fraga defendeu "um projeto de desenvolvimento estratégico para o concelho" para os próximos dez anos que "integre as 24 freguesias" com respostas concretas para os problemas das pessoas e que passam por "repostas sociais, da mobilidade, da regeneração urbana, do apoio pedagógico aos alunos do primeiro ciclo" bem como "criar condições para fixar as pessoas" no concelho.

"Uma cidade sem pessoas, uma freguesia sem pessoas é uma cidade morta, uma freguesia morta e aquilo que nós queremos é dar vida a Ponta Delgada e a todas as suas 24 freguesias de uma forma integrada com um projeto, uma visão estratégica porque isto não é um projeto para quatro anos isto é um projeto para uma década e é nisto que nós estamos focados", disse.

O antigo presidente do Governo Regional dos Açores, Carlos César e atual presidente do Grupo Parlamentar do PS na Assembleia da República acompanhou o candidato socialista à autarquia de Ponta Delgada ao longo de uma ação de campanha que percorreu as ruas da cidade.

" O presidente Carlos César é uma pessoa que todos conhecem, que sabem o seu empenho e que também está também fortemente empenhado a contribuir connosco bem como os milhares e milhares de munícipes deste concelho para uma mudança", disse.

Vítor Fraga manifestou ainda estar convicto na vitória das eleições do dia 01 de Outubro referindo que " são cada vez mais, dia após dia, aqueles que se juntam" numa caminhada que pretende que seja de sucesso "não só eleitoral" mas para "Ponta Delgada".

"Se o povo de Ponta Delgada assim o entender, que nós somos merecedores de liderar os destinos do concelho assim o faremos em conjunto com todos e para todos", disse.

São candidatos à Câmara Municipal de Ponta Delgada, além de Vítor Fraga, José Manuel Bolieiro (atual presidente, pelo PSD), Bruna Almeida (CDS-PP/PPM), Kol de Carvalho (BE), Rui Teixeira (CDU), Pedro Neves (PAN) e José Azevedo (Livre).


Publicidade Escritório Digital – interior noticia

Opinião


Meteorologia

Tempo Ponta Delgada